sábado, 27 de agosto de 2011

Selos em um pequeno diário azul




Lanço meu olhar pela janela
É mais um fim de tarde
Fico com meus pensamentos
Que voam pela força do coração.

Até voltar o meu olhar
A um antigo armário
Que dentro guarda
Um pequeno diário azul.


Que já faz tanto tempo

Que não o tenho

Em minhas mãos.


Abro o pequeno diário

Ao lado de minhas anotações

Selos de cartas que chegaram

Trazendo alegria e saudade

Noticias de um grande amor.


Pequenos pedaços de papel

São selos encantados

Em detalhes delicados

De cartas especiais.


Selos e lembranças

Podem ser inesquecíveis
Sendo simples

Tem um grande valor.


Selos que chegaram

Com as cartas

Em dias nublados

Ou com a chuva
No amanhecer.

Olhos atentos em cada selo

Lanço-me ao passado

Quando recebi cada mensagem.


Cartas mágicas chegaram

 Foram de um grande amor

Vieram com selo de coração.


E também

De uma antiga amizade

Que continua especial

Selo de um anjo que chegou.

Com uma mensagem

Que se resume bem assim.


“ Conta comigo ”


Lembranças guardadas

 Ficam naquela antiga gaveta

Dentro de um pequeno diário
Para quando eu sentir saudade

E o coração querer recordar.


Através de pequenos selos

Que vivem guardados

Dentro de um pequeno diário azul

Sendo livres para fazer

Meu pensamento voar.



Imagem ; Google