sábado, 21 de abril de 2012

Meus sonhos rabiscados



Ao  abrir meu coração
Com o passear
De um lápis herdado
De um velho senhor.

Em minhas palavras
Pela noite escura
Faço nascer lua azul.

E no amanhecer
Tudo e perfeito
Cada momento
Um motivo para sonhar.

Vivo entre o tempo real
A imaginação e o rabiscar
Procurando a semente do sonho
Guardada em coração escritor.
Dedico tempo e momento
Entre um piscar de olhos
Na saudade de um sorriso.

Não temendo o esquecimento
Quando perdido me encontro
Em cada letra, sentimento
Um sorriso a rabiscar
Um novo momento
Uma escrita a compartilhar.

Sou aprendiz da vida
Escrevo saudade
Amor e alegria
O que agrada
O que sonha
Meu coracão.

Sendo artista da vida
Um escritor buscando
Seus sonhos em cada rabiscar.