sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Chuva...faz tempo



Fazia tempo que não sentia
A sensação da chuva fina
Que renova minha alma
Quando chega no amanhecer.

Detalhes preciosos
São as pequenas gotas no telhado
Cada batida misturada ao vento
Até passear pelo vidro da janela.

Chuva no amanhecer
Que traz um novo tempo
Fazendo cantar os pássaros
E a brotar os campos secos.

Vou até a janela
Deixar meus olhos se encantar
Hoje volto a sorrir
E a sentir a vida
Ao reencontrar a chuva
Que a tempo não via. 




                 Imagem; Homem e guarda-chuva por Jiri Hodan