quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Eu e ela........................distantes

Na sala fica
Dois corações partidos
Um diz que é verdade
Sofre, sofre
Outro nada diz...

Lamento, disfarço
Para não cruzar o seu olhar
A culpa não é minha
E a armadilha do meu coração
Que acreditou em ilusão.

Eu e ela ficamos...assim

“ De um lado, um
Do outro lado, o outro”.

Dois mundos em um só
Nesse cubiculo, em uma sala
No colégio luar azul.

E nesse jogo de amor
Que um sofre, outro não
Quem perdeu foi o meu coração.

Que decidiu ir embora
Se libertar de um mundo
Que não é meu.

E os corações que certa vez
Ficaram cada um
Em um canto da sala.

Passou o tempo
Eu virei escritor, e fui feliz
E o outro continua na sala
em silêncio...