quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Lembranças de um poeta compositor

Já não lembrava
O quanto era especial
O cantar dos pássaros
E o caminhar na areia
Ao som do mar.
Era um tempo de alegria
Uma criança em sintonia
Com a realidade e a fantasia.
E entre as lembranças
Os anos passaram
Mudando meu tempo.
Era um vez uma criança
Hoje um adulto
Um poeta compositor
Na beira do mar.
Vou fazer  uma canção
Que fala de saudade e tempo
De sonho e realidade.
Vou juntar cada nota
Misturar com sentimentos
E um pedaço do meu coração.
Para encantar e fazer sentir
A beleza da vida
Do tempo e do mar.
Mas espere...
Por enquanto nasceu poesia
Ao olhar o horizonte
Com o rabiscar das ondas do mar.   

É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...