terça-feira, 27 de junho de 2017

Eu e o guarda chuva

O céu nublado
Óculos embassados
Névoa nos becos
E um passo apressado.

Dia perfeito que chega
Neste amanhecer nevoado
E meu relógio enferrujado
É de bolso e marca o tempo
Segundo a segundo
Vai contando
Gotas carregadas pelo vento
Chuva, chuvisco e não tempestade.

Pingos caem
Pelo caminho nessa manhã
Apresso os passos
Ao encontro dela.

E com a chuva que cai
Feliz eu e ela
Embaixo do guarda chuva
Voltamos para casa.

É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...