Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Meu amigo Luado

Sabe aquele amigo
Que marca nossa existência
Sim, é o meu amigo gato.Que pela manhã
Se entrelaça entre minhas pernas
Querendo atenção
E tambem a sua ração.Carente, pobre animal
Esperto, malandro
Que batizei de Luado
Talvez por ser um pouco avoado
Esse velho amigo gato.E entre um gole de café
Ele sempre espera
Um agrado.Tempo depois
A campainha toca
Eu e luado
Prontos para abrir a porta.Sim, é ela
A minha alegria e felicidade
A minha estela
Que é a minha filha
E carinhosa amiga
Do velho gato Luado

Sorriso molhado

Me lancei ao desconhecido
E deixei que as chuvas de verão
mudassem meu caminho.

A chuva caiu lá fora, na despedida
Não foi fácil...
Mas a vontade de viver e sonhar
Me fez voltar a encantar Delicados olhares
Que percorrem esse rabiscar.

Espero sempre boas noticias
Ao escutar as gotas da chuva no telhado
Que na despedida e na receptiva
Sempre estarão lá.

Que bom é lembrar
De uma amizade distante
Ou um amor adolescente
Que resolveu voltar.

Tenho tanto a lembrar
Neste fim de tarde
Esperando a chuva chegar.

Chuva que traz alegrias
E também um belo sorriso
Que molhado por inteiro Pela chuva a respingar
E que depois de muitos anos
Vem tomar café comigo.