Translate

sábado, 25 de agosto de 2012

Quando virar um sonho


Perdeste pela noite
Em caminhos enigmáticos
Tempo valioso.

Não achando saída
Restaram suas lágrimas
E sonhos perdidos.

A vida maltrata e liberta
Entre portas fechadas
Existem janelas abertas.

É preciso mudar
Pensamento e coração
Ainda há tempo
Para recomeçar a sonhar.

Mudar como um dia
Que é diferente do outro
A primavera que se renova
E cada vez é mais bela.

Como a chuva que é fria
Em noite de solidão
Também pode ser quente
Em uma história de amor.

Não perca tempo
Minutos preciosos
Precisam ser felizes
Preciosas recordações.

E ao passar os anos
Quando virar um sonho
Será eternamente lembrado
Pela força do seu coração.



Imagem;  Em Um Sonho por Effy Huang
                                                

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Seu nome é rosa angelical



Bela mulher guerreira
Que certa vez conheci
É um sonho encantado
Que fez meu coração sorrir.

Conquistaste minha amizade
Uma rosa azul
Para seu jardim.
Será que é real?
Quem sabe!
Um ser angelical.

És abençoada pela verdade
Sincera com seu coração
Me deixa feliz
Em escrever e dedicar
Um presente em palavras.

Para uma mulher especial
Aos olhos carinhosos
De um escritor sonhador
Seu nome é...rosa angelical.
 
 
Texto dedicado a minha amiga Rôsangela



Imagem;  Rosa florescendo 3 por Mikaela Dunn

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Amanhecer em um mirante azul



Sinto a brisa no amanhecer
Neste mirante
Na beira do mar.

Onde meus olhos se perdem
Deixando meu coração voar
Entre um suspiro profundo
E a imensidão deste lugar.

É bela sintonia
O mirante e o horizonte
A natureza meu sonho e o mar.

Neste mundo turbulento
Onde é difícil ser compreendido
Como um sonho verdadeiro.

Deixo multiplicar meus pensamentos
Quero ser feliz
Amar e ser amado.

E ao amanhecer neste mirante azul
Boas vibrações
Eu sei!
Irão chegar.






Imagem; De madrugada por Bobby Mikul

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Rosa sem jardim

Na janela fica todo dia
Sentindo a fria chuva forte
Ou a morna chuva fina.

Ela fica sozinha
Na janela sem jardim
Onde a vida passa a cada dia.

A rosa na janela
Resta esperar
Pelos ventos da primavera
Trazendo paz e alegria
Para não ficar mais sozinha.

                  

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Neblinas no destino

Ao amanhecer
Ele ainda tem força
Para abrir a janela.

No alto da montanha
Em um velho
Branco castelo.

Onde a neblina se mistura
A grandiosas árvores
Em reação mística.

Fazendo seu olhar
Buscar no horizonte
Seu sonho perdido.

O sol já vem chegando
Olho de fogo que nasce
Lançando seus raios
Pela floresta de carvalho.

E essa neblina
Que passa como tempo
Um detalhe a recordar
Em mais um dia que vai passar.

Este senhor tem seu lamento
No tempo que na juventude perdeu
Sendo egoista
Não tendo amizades
Laços verdadeiros
E o amor sincero.

E agora resta o amanhecer
Para admirar a neblina
Que passa rapidamente
Como passou a sua vida.

Esse seria seu destino
Mas ao piscar os olhos
Ele despertou deste pesadelo.

Não é este o seu futuro
Antes que a neblina
Mude seu destino
Poderá recomeçar.

  

Um lápis, um sorriso

Te admiro Lhe faço declarações Desenho jardins. Campos floridos E você a dançar Entre as folhas. Um sorriso Um lápis Um sonho Nossa...