terça-feira, 24 de abril de 2012

Sentimento estrelado


Ao olhar a lua da janela
Na rua da minha casa
Observo estrelas piscando
Um sorriso de anjo
Quem sabe deve ser assim.

Meu anjo encantado
Que distante se encontra
Lança na noite seu sorriso
Sentimento estrelado
A encontrar meu coração.

Me encanta sua lembrança
Sonho acordado
Olhando as estrelas
Que formam seu sorriso
A encantar meu coração.

Vivo na rua dos anjos
Na janela do seu coração
Não sou ilusão
Sou a lembrança
Que sempre ilumina
O seu coração.
    

sábado, 21 de abril de 2012

Meus sonhos rabiscados



Ao  abrir meu coração
Com o passear
De um lápis herdado
De um velho senhor.

Em minhas palavras
Pela noite escura
Faço nascer lua azul.

E no amanhecer
Tudo e perfeito
Cada momento
Um motivo para sonhar.

Vivo entre o tempo real
A imaginação e o rabiscar
Procurando a semente do sonho
Guardada em coração escritor.
Dedico tempo e momento
Entre um piscar de olhos
Na saudade de um sorriso.

Não temendo o esquecimento
Quando perdido me encontro
Em cada letra, sentimento
Um sorriso a rabiscar
Um novo momento
Uma escrita a compartilhar.

Sou aprendiz da vida
Escrevo saudade
Amor e alegria
O que agrada
O que sonha
Meu coracão.

Sendo artista da vida
Um escritor buscando
Seus sonhos em cada rabiscar.






         

terça-feira, 10 de abril de 2012

Um pensamento e uma xícara de café




Sentado a mesa
Sozinho a pensar
É fim de tarde
A minha frente
Um horizonte a contemplar.

Ao meu la lado
A vida segue
Me chamando a atenção
Aquela bela moça
De sorriso fácil.

Que vem em minha direção
Coração que bate
Já sabe, que ela vem
Com uma xícara de café.

Ela tem um olhar
Verde esmeralda
Ela me conhece
Seu carisma denúncia.

Ela chegou e partiu
Em nova direção
Vai minha pequena
Sorriso fácil
Olhar de esmeralda.

Até a próxima xícara de café
Que espero em novo dia
Quando ela regressar
Fazendo o coração feliz.

Ela me conhece
Sou seu amigo
Sou se pai.

Até o próximo dia
Com um pensamento
E mais uma xícara de café.






Café por Jiri Hodan

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Retorno a Arcangel



Já passou tanto tempo
Tinha saudade
Decidi retornar.

Agui estou a navegar
Pelo mar branco
A congelar o corpo
Mas ainda assim
Aquece meu coração
A recordar este lugar.

Indo para o norte
Passando entre montanhas
Vejo no horizonte
A minha encantada
Sonhada cidade de Arcangel.

Que saudade
Por um instante
Me vejo criança
Desbravando a minha curiosidade.

Subindo pelo mirante abandonado
Ao olhar o urso e o dragão do mar
Assim eram conhecidos
Os navios viajantes do mar
Que o gelo podia enfrentar.

Era assim a minha vida
Onde minha história começou
Passou o tempo
Me aventurei pelo mundo
Lugares fascinantes para sonhar.

Sei que não sou mais criança
Já tenho familia
Filhos e meu grande amor.

O passado e o presente
Um futuro a sonhar
Estou de volta Arcangel
Cidade de um eterno
Coração fiél...





Imagem; Tour do Mont Blanc por Michel Bousquet

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Sou seu sonho encantado...



Para coração distante
Nossa amizade permanece
Passa o tempo
Cai a chuva.

Pelo amanhecer
Ou entardecer
Voa minha saudade
Ao seu encontro.

Para coracão distante
Sei que sou
Seu sonho encantado.

Sonho que não termina ao despertar
Mas continua a encantar
Na realidade
Ajudando nas dificuldades
Que surgem pelo caminho.

A saudade permanece
É assim a nossa história
Sou seu sonho encantado
Até breve
Coração distante...




Sou seu sonho encantado...


       
Imagem; Castelo de Hluboka por Petr Kratochvil

Bilhetes para um nobre olhar

Por muitas noites Perdi o meu olhar Contando estrelas Faíscas em espirais Cometas a desenhar o céu Ao alcance de um piscar. Paro o te...