Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

“ Viagens no Luna Angel...

“ Jovem professor Depois de sua formatura Com dedicação se lançou Em uma grande jornada.
Partindo para lugar distante Foi parar em horizonte branco.
Na companhia de seu amigo o capitão Uma animada tripulação E o barco que corta o mar Que todos no porto do amanhecer Conhecem por
“ O Luna Angel ”
Jornada de um jovem professor Em suas pesquisas Pela terra do gelo Era em sonho  O que seu coração desejava.
E assim após longos dias Gelo cortante Frio contagiante Foi assim que aconteceu Dentro do Luna Angel A neblina vira neve a todo instante.
Professor e suas ambições Percebendo animais encantadores Um bando de pingüins Mergulhando do alto de um iceberg Curiosos ficam a olhar O barco, estranho animal de ferro e vibra Que seus olhos admiram assustados.
Tudo vira anotação Ao encantado professor Que em seus intervalos de observação Desse a sala de reuniões.
Que é bem pequena E o alojamento Tudo compacto E os instrumentos de orientação.
E no canto ao lado a mesa Uma maquina de café Aonde no frio e sempre bem vindo.
Naquele pequ…

“ Pensamentos, decisões e um novo caminho...

“ Pensamentos voam Ao final de mais um dia E ao entardecer No conforto do lar Dedicamos Em reflexão ao dia que passou.
Dia cansativo que surgiu Trabalho e sobrecarga Podendo nos fazer questionar Sobre o caminho que escolhemos.
Amores e ilusões Que nascem como o amanhecer E partem sempre no entardecer Não deixando saudade Apenas lágrimas derramadas Pelo caminho.
Amigos e falsidades O que era sonho virou tempestade Momentos turbulentos Que passamos na vida.
 Precisamos pensar Decidir qual o melhor caminho Para seguir e novamente voltar a sonhar.
Se a vida a cada instante Merece renovação Ou se devemos enfrentar O que maltrata O coração Devemos decidir.
 Dúvida que atormenta Faz com que o coração fique distante Não sabendo o que fazer Precisamos de tempo E reflexão.
E certo dizer que Quando o coração Entristece-se  É preciso chorar, desabafar.
Para entender e compreender Que toda lágrima que cai Por uma decepção ou ilusão No final sempre vai levar a solidão  Para bem longe.
Tem dias que é assim E preciso decidir Em qua…

“ O viajante dos sonhos e uma canção na montanha...

“ Adormeça nas asas da felicidade E faça uma viagem Para além do horizonte Quando chegar Entenderá este sonho.
Que começa Assim como vento Que pelos vales e montanhas Passa imponente.
Ao voar pelo céu Ouvirá uma suave melodia Que será compartilhada Com seu coração.
Voando pelo céu Com os pássaros  E a envolvente canção Em formações apaixonantes.
Seguirá pelo sonho E a bela canção irá fazer Você pensar Quem será o mestre Desta emoção.
Saberá que o poeta e o autor E também o compositor Que consegue fazer  Com que seus sentimentos Ganhem vida na notas musicais Em uma incrível viagem de reflexão.
Feliz você será  Abençoado por escutar  Com o coração Vivendo pelos sonhos Observando no alto de uma montanha Toda a grandeza desta canção.
Que deseja apenas transmitir Paz e felicidade

" As lições de vida de um viajante dos sonhos...

“ Para um viajante Todo viagem É sempre uma  Grande aventura.
Nada mais natural Se este nobre viajante Sair em viagens Por terras e reinos encantados Que só existem em sonhos.
Viajante que vive a vida  Mergulhando em seus sonhos Para compreender  A sua existência e realidade.
E assim tudo se mostra especial  Em uma perfeita sintonia Entre sonho e o acreditar.
Para este nobre viajante Não existe medo ou ilusão Tristeza ou ingratidão Só a paz reina soberana.
E ao viajante  Que quando se lança Em sua jornada de conhecimento Com sua alma encantada Lança-se sem temor  Entrega-se sem demora.
Viajante dos sonhos E suas aventuras Em novos horizontes.
Que a cada retorno Traz sempre Uma grande lição de vida.
Aprendendo Com os sonhos A viver a vida intensamente Depois de uma grande aventura Que sempre acontece Nos sonhos Sendo lembrada e valorizada  Em sua realidade por muitas gerações.


" As lições de vida de um viajante dos sonhos...

“ Em um sonho aconteceu...

“ Em um sonho natural Depois de adormecer Assim aconteceu.
Minha visão Feito um pássaro Ao alto de uma colina Fui me encontrar.
E naquele momento Ao olhar para o céu Avistei uma estrela Que vinha caindo.
Feito um raio veloz Caiu naquele lugar E na terra se escondeu   Por muito tempo Como se nada existisse.
E naquela visão Eu era apenas uma voz Lançada ao vento.
Minha missão Era apenas relatar O que em sonhos acontecia.
E assim a estrela Que na terra ficava Um dia com a chuva forte Em uma grande tempestade Onde um mundo de água desabou Feito lágrimas de felicidade Fazendo a estrela renascer.

“ Quando o anjo fala...

“ Vida de anjo é assim Voando, protegendo sua vida Pelo mundo É nossa missão.
Missão conquistada Como um presente Por nossas boas ações.
Nobre missão Honra celestial Na alegria e na tristeza  Estamos ao seu lado.
Cuidando do mundo Que cada vez mais Não nos deixa descansar.
Pelo seu bem, voamos Com a paz na alma e no coração Queremos ajudar.
Voando ao seu lado Somos anjos Para sua vida abençoar.


“ Quando o anjo fala...

" Memórias de um poeta e um antigo farol encantado...

“ Olhei para o céu Observando o interessante  Formato das nuvens Já era tarde e admirava O pôr do sol dinamarquês.
Continuando lentamente  Minha caminhada De todas as tardes pela praia.
Ouvindo o som das gaivotas  E o barulho das ondas do mar Que se quebram ferozmente Ao se encontrar com as pedras.
Vento gelado que se aproxima Céu começa a escurecer Ao longe no horizonte Um pequeno barco de pescadores passa Ao final de mais um dia.
E o sol dinamarquês  Se despedindo lentamente Rodeado por um brilho especial.
Acompanhado por nuvens distantes Que prenunciam uma tempestade Que dividem a minha atenção Naquela visão envolvente.
Volto meu olhar Para o alto de um mirante Onde existe Há muito tempo Um antigo farol Que muitos dizem ser encantado.

E que os visitantes  Que por lá passam Ao fazer um pedido Sendo noite enluarada Na direção ao horizonte perdido.


Pedido que acontece
Feito um sonho realizado Trazendo paz na alma E no coração Por muitas gerações.
Acreditar ou não Vai de cada emoção Talvez tudo aconteça …