sábado, 7 de maio de 2011

“ Uma carta, lembrança inesquecível...



“ Já faz tempo
Era mais um jovem coração
Se aventurando
Pelas asas do amor.

Em minha primeira
 Jornada de conquistas
O medo, a incerteza, a dúvida
Tudo era constante.

Paixão adolescente
Sou eu e aquela
Jovem garota.

Que queria tanto conquistar
Depois que a vi
Não sabia o que dizer.

Amigos diziam
Que quando o coração
Não consegue falar
Melhor seria em uma carta
Abrir meu coração.

E assim
 Iniciei minha jornada
Em busca do amor adolescente.

Escrevi com o coração
Com emoção
Lágrimas derramadas
Demonstravam
Toda a minha dedicação.

Ao abrir meu coração
Pela força das palavras
Desta carta especial.

Escrevendo até tarde da noite
Finalmente a carta
Estava pronta.

Revisei meu escrito
Embora entanto cansado
Tudo bem
Devo encaminhar
Feito meu próprio
 Anjo cupido
Um mensageiro
 Da minha própria história.

Ao dedicar esta carta
A quem desejo
Que os olhos percorram
Minha estimada escrita.

E assim seguiu
A carta é o meu coração foi junto
Em uma jornada desconhecida.

E certo dizer assim
Eu não sei qual será
A resposta
Para meus sentimentos.

Hoje e sábado
Ficarei a esperar
Alguma resposta
 Uma ligação
Devo esperar.

Na segunda já terei
Minha resposta
Será feliz ou não
E esperar não existe
Outra solução.

Terei sucesso
 Felicidade ou ilusão
Depois eu conto.

Afinal ... já será 
Uma outra carta
E uma nova história.




É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...