terça-feira, 4 de abril de 2017

Sorriso molhado

Me lancei ao desconhecido
E deixei que as chuvas de verão
mudassem meu caminho.

A chuva caiu lá fora, na despedida
Não foi fácil...
Mas a vontade de viver e sonhar
Me fez voltar a encantar
Delicados olhares
Que percorrem esse rabiscar.

Espero sempre boas noticias
Ao escutar as gotas da chuva no telhado
Que na despedida e na receptiva
Sempre estarão lá.

Que bom é lembrar
De uma amizade distante
Ou um amor adolescente
Que resolveu voltar.

Tenho tanto a lembrar
Neste fim de tarde
Esperando a chuva chegar.

Chuva que traz alegrias
E também um belo sorriso
Que molhado por inteiro
Pela chuva a respingar
E que depois de muitos anos
Vem tomar café comigo.



É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...