sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Meu sorriso de gato

Que graça é
Sai pulando
Correndo e arranhando.

Animal sobrenatural
Dizem da sorte ou não
Mas é um encanto no amanhecer.

Ao pedir a ração
De cada dia
Gato esperto
Corre, pula
Sobe no muro.

Brincalhão
Gato de estimação
Brinca comigo.

Mora no meu coração
Olhar hipnotizante
Que as vezes
Ate me faz parecer
Com um carinhoso
Sorriso de gato.

Eu e minha máquina do tempo

São 16:45 no velho relógio de bolso É inverno em Londres Fria tarde de 1875. Dias que passam sem sol Apenas nuvens vem dançar Carr...