quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Despertar



"Vou fazer alguém sorrir
Cansei de viver assim
Amarguras sairão
E a doçura irei encontrar
Na beleza da vida
Simpatia terei
Com alma lavada
Feito montes e trovão
Conforme suspeita de amor
A voar como sonhos pelo coração
Mergulhar na imensidão
Com nobre gesto
Será possível
Buscar uma alegria no olhar
Em um gesto de carinho
Rodeado pela emoção
Igual, não sei.
A pensar, a sentir.
Buscando a solução
Será bom
Como despertar
De um sono
E acordar para viver a vida".



Bilhetes para um nobre olhar

Por muitas noites Perdi o meu olhar Contando estrelas Faíscas em espirais Cometas a desenhar o céu Ao alcance de um piscar. Paro o te...