quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Labirinto



"Às vezes me encontro em meio a um labirinto

Às vezes sonho acordando

Imaginando que tudo é realidade

Às vezes vivo pensando em vencer

Outrora perco e procuro esquecer

Deixo de lado as fraquezas

Reforço-me em meus sentimentos

Que verdadeiros se mostram

Não perco os objetivos de vista

Às vezes tudo parece difícil

Mas sendo paciente

Encontro meu caminho

Às vezes deixo de lado a minha vida

E dedico a uma causa especial

Razão nobre para viver

Às vezes escrevo

Por que sei que no final

Tudo que bom vale a pena

E faço de um labirinto

Chamado vida

Uma incrível jornada

De sonhos e descobertas

Tendo ao meu lado a força

De um coração

Que sonha e vive se libertando

A cada dia que passa.

Bilhetes para um nobre olhar

Por muitas noites Perdi o meu olhar Contando estrelas Faíscas em espirais Cometas a desenhar o céu Ao alcance de um piscar. Paro o te...