Pular para o conteúdo principal

O escritor dinamarquês

Ao olhar o horizonte
Em mais um fim de tarde
Com minhas lágrimas
Mergulhadas na tinta
Fazendo das palavras marcas no papel
E no meu solitário coração.

Já se passaram muitos anos
Me esqueceram
Nesta casa a beira mar.

O vento frio do mar do norte
É típico dinamarquês
Me faz pensar em querer
Voltar no tempo.

A 5 mil anos atrás
Em tempo de batalhas
Espadas e escudos
Vikings a navegar.

Entre o gelo e a neve
Nada teria a lamentar
Mas a lutar por objetivos
Sonhar e conguistar.

Hoje estou aqui
Sou prisioneiro
Nesta vida que tenho.

Com minha pena de cisne
Na velha mesa de cedro
Ao lado da janela escrevo
Lamento e fantasia.

Ao meu lado a lareira
Na janela bate o vento frio
E na mesa o vinho quente.

Passarei o que me resta deste tempo
Nesta casa entre o frio e a noite
O amanhecer e o entardecer.

Serei lembrado um dia
Não sei! será segredo do destino
Mas o que resta ao meu coração
E esperar pela proxima estação.

Ainda vou lutar
Para não ser lembrança
Rascunho em uma gaveta.

E quando o inverno chegar
Quero ser lembrado
Como a primeira estrela no horizonte
O escritor dinamarquês
Que em sonhos foi navegar.             

Postagens mais visitadas deste blog

Sou apenas seu... Fã

Sou mais que seu amigo Sou seu anjo protetor Sou quem está a seu lado sempre Estando perto ou longe Torcer por seu sucesso E o quero e sempre vou fazer Pois pensamentos positivos são sempre bem vindos.
Este é meu destino, e assim que ganhaste minha amizade Não quero ser mais um colega em sua vida Quero ser apenas seu amigo.
Não faço isso para apenas chamar sua atenção E se sentir que sou merecedor Apenas feche os olhos e pense por um instante neste amigo. E saiba que estarei sempre aqui nestas palavras por que Sou apenas seu fã....
Sou apenas seu...fã


Imagem;  Child With Laptop by Alan Toniolo de Carvalho



“ Um dia vou te encontrar...

“ Já faz tanto tempo Que eu quase Atrevo-me a esquecer.
Doce lembrança Que em sonhos Faz-me mergulhar.
 Lembranças Que não sei se existiram Deixo-me levar Pelas ondas da esperança.
Por que a vida Tirou você de mim Por que teve que partir.
Um dia vou te encontrar Um dia você vai me reencontrar Não importa se irá demorar Eu quero te reencontrar Eu preciso.
Afinal, felicidade Que chega e depois  Vai embora Pode demorar  Mais um dia retorna Para nunca mais
 Partir novamente.


" Um dia vou te encontrar...

Ventos felizes

Amanheci feliz
É domingo de sol
Que aquece o meu pensar.Abro a janela
A porta e o pequeno portão da varanda
E recebo o vento de verão
Que parece ventos de outono.Que traz felicidade
Que alegra o coração
E o meu pensamento Sensação que nesta manhã chegou
Com o vento suave que pela casa passeia
Que bom!
São ventos felizes...