segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Caminhos da amizade



Faço um rascunho na areia
Para meu pensamento voar
Escrevo saudade e alegria
Tão simples parece se apresentar
As magoas que em minha vida se faz
Transformadas em sonhos estás
Feito palavras soltas no mar
Que sabe vou lá buscar
Nas ondas do mar me trazem
Sentimentos em palavras estas
Queria não sofrer assim
Quiseste viver longe de mim
Faz-me refletir, se soubesse ou não
Qual sentido me faz, viver sempre assim
Escrevendo pelo mundo
Retratando sonhos e realidade
Quem sabe possa saber
Meu destino agui
Caminhando por caminhos distantes
Buscando os amigos ajudar
Se não souber a razão
Talvez deva me arriscar
E perceber que um dom
Pode ser, escrever do coração
Encantar não sonhos
Mas a própria realidade
Transformar a vida assim
E entender que tudo
Uma missão deva ter
Para iluminar os caminhos
Para sempre ajudar os amigos
Que em meu caminho
Eu possa encontrar.



É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...