quinta-feira, 28 de abril de 2011

“ Noites frias do mês de Abril...



“ Em noites frias
Do mês de  Abril
Depois de mais um dia
De trabalho.

Olho para as estrelas
Por um breve momento
Ligo meu radio em uma estação
Com músicas dos anos 80.

Escuto em silêncio
Perdido em meus pensamentos
Mas a sua doce lembrança
Faz-me recordar.

Onde anda você
Meu sonho
Minha história.

Única, inesquecível
Sei que nunca mais vou viver
Outra história assim.

Imagino ao olhar para as estrelas
Que talvez esteja pensando em mim
No que faço da vida
No que estou fazendo com o meu coração.

E assim
Pelas noites de Abril
Fico a imaginar
Onde anda você

Quem sabe um dia 
A gente se encontra
Mas, enquanto este dia
 Não chega
Sou mais um
Coração carente
Que vive pensando em você.

Olhando para as estrelas
Nas noites frias
Do mês de Abril.




É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...