segunda-feira, 21 de março de 2011

*****Neve ao amanhecer...*****


“Ao sair de sono profundo
No calor de meu cobertor
Ao dar um beijo de bom dia
Em minha esposa 
Que está ao meu lado.

Desço as escadas
É hora de um novo dia começar
Um dia especial
E assim que acontece.

Ao olhar pela janela
Depois de um café quente no peito
Percebo a arte da natureza.

Garoa que vira gelo
Tão branca, tão cristalina
Que  aumenta feito uma festa
É a neve que cai do céu.

Pensei e fiz o que coração pedia
Ao chamar toda família
Eu quero me divertir.

Trabalho pode esperar
Vamos fazer anjos
Com a neve que vem do céu.

Um dia destes
Eu tenho que aproveitar
E por mais um momento
Se sentir feito criança
Ao admirar neve que vem do céu.

Eu e minha máquina do tempo

São 16:45 no velho relógio de bolso É inverno em Londres Fria tarde de 1875. Dias que passam sem sol Apenas nuvens vem dançar Carr...