domingo, 6 de março de 2011

"O Entardecer para o Poeta...



“Depois de um dia tumultuado
Só me resta contemplar o entardecer
Refletindo sobre minhas ações
Falo com meu coração.

Deixo o que me aborrece ir embora
Junto com o por do sol
Que suavemente se despede.

Faço deste momento
Uma profunda reflexão
Busco expirações
Para seguir no próximo dia que vem.

Acertar em boas ações
Esquecer o que magoa
Sentir que minha história tem seu valor
E assim junto com o entardecer
Deixo minha vida seguir.

Na busca ao futuro que esta bem perto
E assim deixo que a noite chegue
Depois de um entardecer
Que para o poeta
É cada vez mais
Inesquecível.



É bela Tarde

Corre o dia Como o rio que não volta A tarde que enfim chega Vem trazendo doçura. Um café da tarde Um chá tailandês  Uma velho...